DAPI

De Wiki CTI
Ir para: navegação, pesquisa

Identidade Organizacional do DAPI


Departamento de Aprimoramento da 1ª Instância (DAPI) – departamento responsável por desenvolver, apresentar e efetivar projetos que visam o aprimoramento e a busca da excelência na prestação jurisdicional da Primeira Instância, com o objetivo de melhorar a qualidade dos produtos de TI oferecidos aos clientes. O Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância é subordinado à Poder Judiciário de Mato Grosso - Corregedoria Geral da Justiça


Negócio  : Responsável por desenvolver, apresentar e efetivar projetos que visam o aprimoramento e a busca da excelência na prestação jurisdicional da Primeira Instância,.
Missão : Intensificar e aprimorar continuamente os serviços judiciários e os meios de orientação e fiscalização administrativa para garantir eficácia na prestação jurisdicional.
Valores :Compromisso Social , Eficácia , Ética ,Imparcialidade ,Impessoalidade ,Independência ,Probidade, Transparência , Mapa Pólos Jurídicos, Biblioteca Digital , Estatística
Visão : Ser modelo de excelência.


Políticas e diretrizes


1 - Que toda e qualquer reunião, técnica ou não técnica, será realizada fora da DDS.

  • Nos casos das reuniões realizadas utilizando-se de desenhos e diagramações (geralmente em lousa branca), fotos destes deverão ser feitas e enviadas, via e-mail, para os integrantes da reunião ou catalogadas em específica pasta ou unidade de rede relacionada ao projeto em discussão.
  • Nos casos onde o Cliente ou Usuário adentrar a DDS, competirá aos Analistas de Sistemas ou Desenvolvedores envolvidos, a conduzir o Cliente/Usuário ao exterior da sala, em ambiente próprio, para dar continuidade às atividades.
  • Em último caso, onde as discussões se fizerem dentro da DDS, os envolvidos devem observar o volume sonoro produzido zelando pela concentração dos demais profissionais.

2 - Do uso dos telefones.

  • Ficam vetadas às conversas telefônicas no interior da DDS.
  • A equipe Administrativa do DAPI deverá comunicar o Analista de Sistema ou Desenvolvedor acerca da ligação que deverá ser atendida externamente a DDS.
  • Quando uma ligação for trazida, por telefone sem fio, ao interior da DDS, o Analista de Sistema ou Desenvolvedor que estará recepcionando a ligação deverá conduzir-se ao ambiente externo ao da DDS.
  • Os celulares deveram ser mantidos em modo silencioso,

3 - Em casos de necessidade de acesso aos computadores utilizados pelos profissionais no interior da DDS, quer seja durante uma reunião, quer seja durante um atendimento telefônico, os profissionais deverão fazê-lo de forma remota a partir do equipamento disponibilizado (Computador ligado a um monitor de 42’’);

4 - Quanto ao uso de internet.

  • O acesso a internet continua sendo para fins do exercícios das atividades atreladas ao desenvolvimento de softwares;
  • Acesso a internet destinados ao uso pessoal (acesso a e-mails, internet-banking, entre outros), ao acompanhamento de sites e conteúdos relacionadosàs tecnologias e suas evoluções, conteúdos científicos, fica permitido apenas em horários extra-jornada-de-trabalho, entenda-se frações de horas antes/posterior ao da jornada de trabalho, ou durante o período de almoço, resguardadas as proporções,sempre fazendouso do bom senso,

5 - Horários de almoço e intervalos

  • Fica estabelecido que o horário de almoço de todas as equipes da DDS estará compreendido entre as 12 e 13 horas.
  • Fica estabelecido que o horário destinado ao intervalo de lanche de todas as equipes da DDS estará compreendido entre as 16 e 16:15 horas.
  • Durante os períodos de ausência dos profissionais da DDS todos os telefones celulares destes deverãoficar de sobreaviso para caso ocorra alguma emergência.
  • Durante o trânsito de entrada e saída nestes períodos, os profissionais devem, em respeito àqueles que por ventura permanecerem na DDS, prezar pelo silêncio,

6 - Quanto a manutenção e limpeza da DDS, as equipes responsáveis por este exercícios deverão faze-lo em período extra ao da jornada de trabalho dos Analistas de Sistemas e Desenvolvedores ou durante a fração de hora em que estes estiverem em horário de almoço.

7 - Fica pré-estabelecido que, nas sextas-feiras às 16h30min, as equipes da DDA farão, caso necessário, reunião de alinhamento de projetos, averiguação de status e andamento, entre outros.

8 - A DDS ficará sempre de porta fechada. Devendo ser mantido o acesso apenas de pessoas autorizadas do DAPI.

9 - Fica permitido o uso de fones de ouvido, protetores auriculares, ou qualquer outro artificio desde que os resultados alcançados venham ao encontro dos objetivos pretendidos com o presente regulamento.
10 - Do suporte ou assistência direta aos usuários internos ou externos ao Judiciário.

  • Os Analistas de Sistemas ou Desenvolvedores da DDS não prestarão suporte ou assistência direta aos usuários internos ou externos ao Judiciário, resguardados os casos de necessidade extrema,
  • Os Analistas de Sistemas ou Desenvolvedores da DDS farão, sempre que oportuno, a transferência de conhecimento os responsáveis pela prestação de suporte ou assistência, quer sejam estes profissionais pertencentes à equipe de Help Desk, quer sejam profissionais pertencentes ao Suporte Administrativo do DAPI.
  • Toda e qualquer solicitação de suporte, tanto quanto a solicitação de levantamentos/informações, que por ventura não forem solucionados/dirimidos pelas equipes de Help Desk ou Suporte Administrativo do DAPI, deverão ser encaminhados para a DDS visa sistema SDK (sdk.tjmt.jus.br)


Produtos


Colaboradores

  • Reginaldo Cardozo - Diretor do Dapi / CGJ
  • Maryane Regina de Mattos Silvestre - Chefe de Divisão / CGJ
  • Paula Angeline Perri - Chefe de Divisão / CGJ
  • Rosmeire Castilho - Assessor de projetos
  • Meire Rocha do Nascimento - Assessor de projetos
  • Ana Flávia Barros - Assessor de projetos
  • Natalíria Gouveia da Silva - Assessor de projetos
  • Fernando Turi Marques - Assessor de projetos
  • Ricardo Nogueira de Souza - Assessor de projetos
  • Gilney Arruda Guimarães - Assessor de projetos
  • Gilbert de Anunciação Luz - Assessor de projetos


Desenvolvimento Dapi

  • Uiller Del Prado - Gerente de Projetos
  • Alain Dellon Brito - Assessor de projetos
  • Rafael Fracasso Gomes - Assessor de Projetos
  • Nélio Henrique Neves - Assessor de Projetos
  • Alberto Darcia - Assessor de Projetos
  • Silvio Aguiar de Oliveira - Assessor de Projetos
  • Dennis Pedroso de almeida - Assessor de Projetos
  • Vitor Odenor Aquino da Silva - Controlador de Projetos
  • Luan Castro Aleixo - Analista
  • Roberto da Cruz Giacomette - Desenvolvedor
  • Rodrigo de Morais e Castro - Desenvolvedor
  • Herbert Terrone Borges - Desenvolvedor
  • Marcel Ferreira Moraes Crispim de Menezes - Desenvolvedor
  • Thiago Coelho de Almeida - Desenvolvedor
  • Remely Susy Arruda de Andrade - Analista de Qualidade - DSA
  • Marvy Pereira da Silva - Suporte Técnica - N2