GU - Gestão de Unidade

De Wiki CTI
Ir para: navegação, pesquisa
2019-08-12 11-46-54.jpg
 As regras utilizadas para as definições das 
    variáveis ou indicadores, tomam como  
         base a Resolução 76 do CNJ.  
      Clique aqui: Resolução 76 - CNJ 


Conceito Geral

De modo geral o objetivo dos painéis de Gestão de Unidade – GU, divididos entre Operacional, Tático e Estratégico (fazendo analogia a teoria geral da administração) é disponibilizar mecanismos de controle aos Magistrados e Assessores de 1º Grau.

  12019-08-06 09-03-26.jpg


Objetivo

Os objetivos primordiais consistem em possibilitar uma melhor compreensão do comportamento do negócio, sustentar tomadas de decisões, fomentar o emprego de estratégias mais assertivas apoiando-se em fatos e dados. Dar suporte a uma maior eficiência operacional, redução custos, de riscos, com respostas mais rápidas e concisas.

Documentação de Apoio

Resolução nº 76 - Indicadores do Sistema de Estatística do Poder Judiciário

Resolução nº 76 - Módulo de Produtividade Mensal

Provimento nº 49

Principais tópicos

Judiciario icon.png
Termos comuns usados na resolução 76

Coleção de informações sobre os sistemas desenvolvidos e mantidos pela Termos comuns usados na resolução 76

Adm icon.png
Definições Gerais – Fases do Processos

Coleção de informações sobre os sistemas desenvolvidos e mantidos pela Definições Gerais – Fases do Processos

Rh icon.png
Litigiosidade

Coleção de informações sobre os sistemas desenvolvidos e mantidos pela Litigiosidade

2017-02-01 18-11-22.png
Definições Gerais – Tabelas Processuais

Coleção de informações sobre os sistemas desenvolvidos e mantidos pelo Definições Gerais – Tabelas Processuais

Tercerios icon.fw.png
Grau de Jurisdição

Coleção de informações sobre os sistemas desenvolvidos e mantidos pelo Grau de Jurisdição

Cnj icon.fw.png
Definições Gerais

Coleção de informações sobre os sistemas desenvolvidos e mantidos pelo Definições Gerais

Adm icon.png
Divisão Administrativa

Coleção de informações sobre os sistemas desenvolvidos e mantidos pela Divisão Administrativa

POP - Procedimento Operacional Padrão

  1. Painel Operacional
  2. Painel Tático
  3. Painel Estratégico EM CONSTRUÇÃO...

Aspectos gerais de operação das ferramentas

A princípio valem breves definições:

  • Métricas: Como métrica podemos entender tudo aquilo que conseguimos contar, ou seja, quantos processos novos, quantos processos baixados e quantos processos ativos, etc. Em suma tudo aquilo que se pode contar.
  • Dimensões: Existe outro conceito chamado de dimensão que para facilitar entendimento é tudo aqui onde conseguimos colocar a palavra “por” na frente, ou seja, pretende-se visualizar as métricas de casos novos “por tipo de feito”, “por unidade”, “por ano”, “por físico ou eletrônico”, “por sistema”. Dimensão é o modo que se pretende visualizar a métrica.

Abaixo temos um exemplo de um gráfico que exibe a métrica Pendente Bruto pela dimensão Jurisdição (ou como aprendemos: Por Jurisdição).

  22019-08-06 09-05-39.jpg


Em qualquer painel disponibilizado, sempre será possível ter acesso a listagem dos processos que estão envolvidos em cada uma das métricas. Todo elemento gráfico disponível em tela é também um elemento de filtro onde em um hipotético gráfico de pizza exibindo uma metade de processos criminal e a outra metade de processos Cíveis, clicando-se na metade Criminal, todo o painel será filtrado ou recarregado de modo a exibir tão somente aquele volume de processos Criminais. Desta forma, se todo elemento gráfico é também um elementos de filtro, os painéis permitem que usuário navegue ou interajam com a informação.

                                                Gráfico de pizza exibindo fases de conhecimento e execução
                                                
                                                            32019-08-06 09-06-56.jpg
                                              Selecionando a fatia denominada execução aplicando-a como filtro
     
                                                            42019-08-06 09-07-43.jpg
                                                Gráfico de pizza exibindo apenas fases de execução filtrada
                                                            52019-08-06 09-08-45.jpg
       Outro recurso muito utilizado é chamado de KPI. De maneira coloquial são números ou contadores disponíveis na tela como, por exemplo, contadores que mostram a quantidade 
                                        de conclusos para sentença, demais conclusos, total pendentes, etc., como pode ser visto na imagem abaixo.
                                                            1N2019-08-27 12-39-13.png


Um recurso interessante dos KPIs é que além de um contador que exibe quantitativos em tela é também um atalho para a listagem dos processos que o compõe, isso quer dizer que basta clicar duas vezes em cima do KPI para ser automaticamente redirecionado para a listagem detalhada de processos.

KPi exibindo o quantitativo de baixados: 2N2019-08-27 12-55-11.png


Ao clicar 2 vezes sobre um KPI:

3N2019-08-27 12-53-41.png

FAQ

1. Qual é o endereço de acesso ao Sistema Qlik?
O sistema pode ser acessado pelo endereço: http://cienciadedados.tjmt.jus.br utilizando seu login e senha de acesso a rede (mesma senha utilizada para logar na máquina).
1Login2019-08-13 12-01-17.jpg
2. Quem usará o sistema?
Os painéis de Gestão de Unidade – GU, divididos entre Operacional, Tático e Estratégico são de uso específico para Magistrados e Assessores de 1º Grau.
3. Será possível ter acesso a mais de uma unidade?
Ao acessar os painéis, os Magistrados terão a possibilidade de visualizar, de forma automática, toda unidade judiciária que for de sua responsabilidade. Quer seja por titularidade, designação, cumulação etc.
4. Quem dará permissão aos Assessores?
O próprio Magistrado dará permissão aos seus Assessores.
5. Principais definições de Status do processo de acordo com a Resolução n.76 CNJ?
Novos: Indicar o número de feitos que foram distribuídos ou protocolados. Também é considerado um caso novo feitos que por ventura mudaram de fase. Exemplos:
  • a) De inquérito para Distribuição da Ação Penal;
  • b) Do encerramento do Conhecimento Cível para a Execução Judicial.

Pendentes: todos os processos que não tiveram movimentos de baixa. Consideram-se também como pendentes os processos, que mesmos já baixados anteriormente, retornaram à tramitação em virtude de ocorrência das seguintes situações:

  • a) em caso de sentença anulada ou
  • b) retorno do processo para instância inferior para aguardar o julgamento do STJ em recurso repetitivo ou do STF em repercussão geral.

Baixados: Feitos que tenham recebido o movimento de baixa definitiva (22) ou arquivamento definitivo (246) ou que tenham sido remetidos para grau de recurso ou que o processo se encontre na situação de encerrado.
Arquivados definitivamente: processo findo remetido definitivamente para o arquivo geral em razão de improcedência transitada em julgado, execução extinta, etc.
Arquivados provisoriamente: processos pendentes, em conhecimento ou execução, remetido para arquivo provisório a fim de aguardar a ocorrência de uma situação futura para retorno à tramitação, e que, por isso, não pode ser arquivado definitivamente.

6. Como é realizado o cálculo da Taxa de Congestionamento?
Indica o quanto se está sobrecarregado em relação a própria capacidade produtiva. É a razão entre a "quantidade de processos Pendentes" e o "volume que se Baixou nos últimos 12 meses".
   É descrito através da fórmula: Taxa de Congestionamento = Pendentes / (Pendente + Baixados 12m).
7. Definições de Grau de Jurisdição
1º Grau: O termo “1º Grau” neste anexo refere-se à jurisdição exercida pelos Juízes de Direito, excetuando-se a jurisdição dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais, dos Juizados Especiais da Fazenda Pública e das Turmas Recursais;

2º Grau: O termo “2º Grau” neste anexo refere-se à jurisdição exercida pelos Desembargadores, Turmas, Seções, Câmaras, Órgãos Especiais, Plenário e outros órgãos jurisdicionais que compõem o Tribunal. Juizados Especiais: O termo “Juizados Especiais” neste anexo refere-se à jurisdição de 1º grau exercida pelos Juízes de Direito nos Juizados Especiais Cíveis e Criminais e nos Juizados Especiais da Fazenda Pública, excetuando-se a jurisdição das Turmas Recursais;
Turmas Recursais: O termo “Turmas Recursais” neste anexo refere-se à jurisdição de 1º grau exercida pelas Turmas Recursais do Sistema de Juizados Especiais;

8. O que é projeção de resultados?
A projeção de resultados é uma análise de dados que permite prever resultados. Por meio dessa análise é possível estimar indicadores (quantidade de casos Novos, Julgados, Baixados e Pendentes), e estimar positividade ou negatividade, dando condições para apontamentos oportunos de investimentos.

Tudo isso é feito levando em consideração um período determinado, como o mês, trimestre, semestre ou ano. Em outras palavras, se trata de uma estimativa para o futuro da organização, com base no que já foi feito até o momento.